O lúdico nas ações de Educação Alimentar e Nutricional aos beneficiários do Programa de Aquisição de Alimentos - PAA

Autores

  • ELISANGELA DOS SANTOS DE OLIVEIRA INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
  • Jacira de Souza Santos Prefeitura Municipal de Cariacica

Palavras-chave:

Educação Nutricional. Ludicidade. Produto Educacional.

Resumo

Sendo a escola um dos principais espaços para a construção de conhecimentos, faz-se necessário o desenvolvimento de materiais que auxiliem os professores em aulas sobre a temática alimentação saudável, visto que as ações de Educação Alimentar e Nutricional, que visam a proporcionar autonomia às pessoas quanto às suas escolhas alimentares, são relevantes à promoção da saúde. O presente trabalho teve por objetivo apresentar um produto educacional que possa, de forma lúdica, facilitar a compreensão e aprendizagem dos alunos sobre a temática. Tem-se como referencial teórico o pensamento de Vygotsky, no sentido de que, além de ativa, em seu processo de aprendizagem, a criança também é interativa. A partir da validação do produto educacional observou-se que é possível trabalhar informações essenciais sobre alimentação saudável, de forma lúdica, e que as crianças já possuem conhecimentos prévios importantes sobre a temática, o que facilita a promoção de hábitos alimentares mais saudáveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

ELISANGELA DOS SANTOS DE OLIVEIRA, INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e em Pedagogia pela Universidade de Uberaba. É especialista em Educação Profissional Técnica integrada à Educação de Jovens e Adultos pelo Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) e mestre em educação pela UFES. Entre os anos de 2003 e 2017, atuou como professora de Educação Básica das redes públicas estadual e municipal de educação em Cariacica-ES. Atualmente atua como pedagoga do Instituto Federal do Espírito Santo - Campus Ibatiba.

Jacira de Souza Santos, Prefeitura Municipal de Cariacica

Graduada em Nutrição pela Faculdade Católica Salesiana do Espírito Santo, possui especialização em Ensino Interdisciplinar em Saúde e Meio Ambiente na Educação Básica e curso-técnico-profissionalizante em Técnico em Administração, ambos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo. Atua como Coordenadora de Educação Alimentar em Cariacica-ES.

Referências

ALMEIDA, Teresinha de Fátima Souto; SARTORI, Jeronimo. A relação entre desmotivação e o processo ensino-aprendizagem. Revista Monografias Ambientais (REMOA-UFSM). Santa Maria, RS, v(8), nº 8, p. 1870 – 1886, ago., 2012. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/remoa/article/view/6194. Acesso em: 10 de janeiro de 2019.

ARANTES, Adriana Rocha Vilela; BARBOSA, Jéssica Thaynara da Silva. O Lúdico na Educação Infantil. Revista online De Magistro de Filosofia, Ano X, no. 21, 1º. Semestre de 2017. Disponível em: https://docplayer.com.br/49605153-O-ludico-na-educacao-infantil.html. Acesso em: 10 de janeiro de 2019.

BERNART, Aline; ZANARDO, Vivian. P. Skzypek. Educação nutricional para crianças em escolas públicas de Erechim/RS. Revista Vivências. Vol.7, N.13: p.71-79, Outubro/2011. Disponível em: http://www.uricer.edu.br/cursos/arq_trabalhos_usuario/3267.pdf. Acesso em: 12 de janeiro de 2019.

BOOG, Maria Cristina Faber. Programa de educação nutricional em escola de ensino fundamental de zona rural. Revista de Nutrição. Campinas, v. 6, n. 23 p. 1005-1017, nov/dez.,2010. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rn/v23n6/07.pdf. Acesso em:15 de janeiro de 2019.

BOTELHO, Lucila Pires et al. Promoção da alimentação saudável para escolares: aprendizados e percepções de um grupo operativo. Nutrire: Revista da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição. São Paulo, v. 35, n. 2, p. 103-116, ago. 2010. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/c318/50ef1b55617330ab98caa7a27856227b45ed.pdf. Acesso em> 12 de janeiro de 2019.

BRASIL. Decreto Nº 6.447, de 07 de maio de 2008. Regulamenta o art. 19 da Lei no 10.696, de 2 de julho de 2003, que institui o Programa de Aquisição de Alimentos.Brasília: Diário Oficial da União, de 08 de maio de 2008.

BRASIL. Decreto Nº 7.775, de 4 de julho de 2012. Regulamenta o art. 19 da Lei no 10.696/2003, que institui o Programa de Aquisição de Alimentos, e o Capítulo III da Lei no 12.512, de 14 de outubro de 2011, e dá outras providências. Brasília: Diário Oficial da União, de 05 de julho de 2012.

BRASIL. Lei No 10.696, de 2 de julho de 2003. Dispõe sobre a repactuação e o alongamento de dívidas oriundas de operações de crédito rural, e dá outras providências. Brasília: Diário Oficial da União, de 03 de julho de 2003.

BRASIL. Lei Nº 13.666, de 16 de maio de 2018. Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), para incluir o tema transversal da Educação Alimentar e Nutricional no currículo escolar. Diário Oficial da União, 17 de maio de 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Resolução nº 26 de 17 de junho de 2013. Dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar aos alunos da educação básica no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE. Diário Oficial da União, Brasília, DF, de 18 jun. 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Manual para aplicação dos testes de aceitabilidade no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) - 2. ed. – Brasília, DF : Ministério da Educação, 2017.

BRASIL. Programa de Aquisição de Alimentos – PAA. Brasília: MDA, 2010.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do Ensino Fundamental - Temas Transversais. Brasília: MEC/SEF, 1998.

COSCRATO, Gisele; PINA, Juliana Coelho; MELLO, Débora Falleiros de. Utilização de atividades lúdicas na educação em saúde: uma revisão integrativa da literatura. Acta Paulista de Enfermagem, 2010;23(2):257-63. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ape/v23n2/en_17.pdf. Acesso em: 17 de janeiro de 2019.

FREITAS, Karine de Cássia; SASAKI, Melina Hatsue. Educação nutricional na infância: intervenção em um centro de educação infantil municipal em Dourados – MS. Revista Vita et Sanitas, Trindade-Go, n.05, jan-dez./2011. Disponível em: file:///C:/Users/WIN-10/Downloads/62-Texto%20do%20artigo-224-1-10-20170209.pdf. Acesso em: 17 de janeiro de 2019.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. - São Paulo : Atlas, 2002.

GRISA, Cátia et al. Contribuições do Programa de Aquisição de Alimentos à segurança alimentar e nutricional e à criação de mercados para a agricultura familiar. Revista Agriculturas, v. 8 - n. 3, setembro de 2011. Disponível em: https://issuu.com/aspta/docs/artigo_6 . Acesso em: 15 mai., 2018.

HESPANHOL, Rosângela Aparecida de Medeiros. Programa de aquisição de alimentos: limites e potencialidades de políticas de segurança alimentar para a agricultura familiar. Revista Sociedade & Natureza, Uberlândia, 25 (3): 469-483, set/dez/2013. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/22638/pdf_4. Acesso em: 15 de dezembro de 2018.

LUCENA, Érika Karla; LUIZ, Jorge Mariano. Uma avaliação da importância do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) na agricultura familiar do município de Ceará Mirim (RN). In: Anais XLVII Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural. Porto Alegre: SOBER, 2009.

NASCIMENTO, Denise da Cunha et al. O lúdico e a educação em saúde: uma proposta de ensino do autocuidado às crianças. Revista de Enfermagem UFPE On Line. Recife, 7(esp):5799-805, set., 2013. Disponível em: file:///C:/Users/WIN-10/Downloads/11859-28394-1-PB.pdf. Acesso em: 10 de dezembro de 2018.

OLIVEIRA, Sabrina Ionata de; OLIVEIRA, Kathleen Sousa. Novas perspectivas em educação alimentar e nutricional. Psicologia USP, São Paulo, outubro/dezembro, 2008, 19(4), 495-504. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/pusp/v19n4/v19n4a08.pdf. Acesso em: 12 de setembro de 2018.

PEREIRA, Camila. Jogos educativos na saúde: avaliação da aplicação dos jogos “perfil parasitológico” e “perfil microbiano”. Revista Saúde. Com, 2015; 11(1): 2-9. Disponível em: http://periodicos2.uesb.br/index.php/rsc/article/view/333/270. Acesso em: 10 de setembro de 2018.

RAMPASO, Débora Alves de Lima et al. Teatro de fantoche como estratégia de ensino: relato da vivência. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, julho/agosto, 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/reben/v64n4/a24v64n4.pdf. Acesso em: 12 de outubro de 2018.

RODRIGUES, Lívia Penna Firme; RONCADA, Maria José. Educação nutricional no Brasil: evolução e descrição de proposta metodológica para escolas. Comunicação em Ciências da Saúde. 2008;19(4):315-322.

SALVI, Cristina; CENI, Giovana Cristina. Educação nutricional para pré-escolares da Associação Creche Madre Alix. Vivências: Revista Eletrônica de Extensão da URI, vol.5, n.8: p.71-76, Outubro/2009. Disponível em: http://www2.reitoria.uri.br/~vivencias/Numero_008/artigos/artigos_vivencias_08/Artigo_33.pdf. Acesso em 5 de setembro de 2018.

SILIPRANDI, Emma; CINTRÃO, Rosângela. As mulheres agricultoras no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas, 18(2): 12-32, 2011. Disponível em: file:///C:/Users/WIN-10/Downloads/8634675-Texto%20do%20artigo-3675-1-10-20150428.pdf. Acesso em: 5 de setembro de 2018.

SILVA, Margareth Xavier et al. Abordagem lúdico-didática melhora os parâmetros de educação nutricional em alunos do ensino fundamental. Ciências & Cognição, Rio de Janeiro, v. 18, n. 2, p. 136-148, ago./out. 2013. Disponível em: file:///C:/Users/WIN-10/Downloads/896-6422-1-PB.pdf. Acesso em: 10 de dezembro de 2018.

SILVEIRA, Juliana Carvalho et al. Avaliação do aprendizado de crianças sobre alimentação e nutrição comparada a dois métodos de abordagem didáticos. Revista Digital de Nutrição, Ipatinga, v. 3, n. 4, p. 371-383, fev./jul. 2009. Disponível em: https://docplayer.com.br/7612890-Avaliacao-do-aprendizado-de-criancas-sobre-alimentacao-e-nutricao-comparada-a-dois-metodos-de-abordagem-didaticos.html. Acesso em: 10 de dezembro de 2018.

TONCHE, Josiane Cipriano da Silva. O desinteresse dos alunos das séries iniciais do ensino fundamental pela educação escolar: causas e possíveis intervenções. 2014. 20 f. Monografia (Especialização em Coordenação Pedagógica) – Setor de Educação – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2014. Disponível em: https://acervodigital.ufpr.br/handle/1884/47110 . Acesso em: 20 mai., 2018.

VYGOTSKY, Lev Semyonovich. Pensamento e Linguagem. São Paulo: Martins Fontes,1996.

VYGOTSKY, Lev Semyonovich. A formação social da mente. Rio de Janeiro: Martins Fontes,1998.

Downloads

Publicado

2021-08-16