A EDUCAÇÃO “EM” E “PARA” OS DIREITOS HUMANOS E A FORMAÇÃO DE SUJEITOS DE DIREITOS

Autores

Palavras-chave:

Educação em Direitos Humanos; Processos formativos; Direitos Humanos

Resumo

O surgimento da Educação em Direitos Humanos (EDH) é decorrente de lutas e de movimentos sociais, que tinham como princípio norteador contribuir para a afirmação e efetivação dos Direitos Humanos (DDHH). A efetivação dos DDHH perpassa por uma prática cotidiana, na qual a educação se constitui como elemento essencial, pois é a partir da educação que se torna possível a formação de sujeitos conscientes de seus direitos e também de seus deveres, sendo corresponsáveis na proteção e promoção desses direitos. Assim, o objetivo principal desse estudo é analisar os contributos da EDH para os processos formativos em diferentes espaços de formação de sujeitos de direitos. A importância desse estudo parte da necessidade de disseminação e constituição de uma EDH que evidencie mudanças em todo o contexto educacional, a partir de um agir coletivo e transformador do contexto social. Para a realização do presente artigo, utilizou-se de um levantamento bibliográfico que se apoiou em documentos e dispositivos legais, e também nos seguintes autores: Tavares (2011), Candau (2008), Carbonari (2012; 2015), Rocha (2009), entre outros. Por fim, torna-se imperioso construir uma sociedade mais justa e igualitária, na qual seja possível mobilizar as pessoas para a promoção e defesa dos DDHH, e assim compreendam os principais desafios colocados para que os DDHH sejam garantidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Conceição Alves Santiago, Universidade do Estado da Bahia - UNEB

Doutoranda em Educação e Contemporaneidade (em andamento)- PPGEDUC -UNEB; Mestre em Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação-GESTEC/ UNEB (2015); Especialista em Libras pela Faculdade Dom Pedro II (2013); Especialista em Educação a Distância pela UNEB (2010); Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pelo Instituto Brasileiro de Pós Graduação e Extensão - IBPEX/UNINTER (2006); Graduação em Pedagogia - Administração e Coordenação de Projetos Pedagógicos pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB (2003.2).

Drª. Mary Valda Souza, Universidade do Estado da Bahia - UNEB

Pós-Doutora em Educação e Tecnologia (Universidade de Coimbra/CEIS20), Doutora em Educação (UFBA), Mestra em Educação e Contemporaneidade (UNEB), Licenciada em Pedagogia (UCSal). Atualmente é Coordenadora do Programa de Pós Graduação em Educação e Contemporaneidade (PPGEduC), Professora Adjunta da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Departamento de Educação - Campus I (Salvador), atuando na graduação e na pós graduação (Mestrado e Doutorado). Líder do grupo de pesquisa ForTEC. Pesquisadora em Educação, Tecnologias, Currículo e Formação, com enfase na Competências e Tecnologias Digitais, Educação a Distância, Processos Tecnológicos, Mediação Pedagógica, Desenho Didático de Cursos. Tem experiência em formação de formadores, gestão e desenvolvimento de cursos a distância, elaboração de currículos de cursos, produção e avaliação de material didático.

Referências

BAHIA. Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos. Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos. - Bahia: Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, 2009.

BENEVIDES, Maria Victoria. Educação em Direitos Humanos: de que se trata? In:

BARBOSA, Raquel Lazzari Leite (org.) Formação de educadores: desafios e perspectivas. São Paulo: Editora UNESP, 2003. p. 309 – 318.

BRASIL. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Brasília: UNESCO, 1998.VI

______. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394. Brasília: 1996.

______. Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3). Brasília: SDH/PR, 2010.

______. Resolução nº 466. Brasília: Conselho Nacional de Saúde, 2012.

______. Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos. Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos. Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos, Ministério da Educação, Ministério da Justiça, UNESCO, 2006.

CANDAU, Vera Maria. Educação em direitos humanos e formação de professores/as. In: SACAVINO, Suzana; CANDAU, Vera Maria (orgs.). Educação em Direitos Humanos: Temas, questões e propostas. Petrópolis, RJ: DP et Alli Editora, 2008. p. 73-92.

CARBONARI, Paulo César. Direitos Humanos, reconhecimento e educação: por uma abordagem ecológica. REP – Revista Espaço Pedagógico, v. 19, n.1, Passo Fundo, p. 20-30, jan. /jun. 2012.

_________. A formação do sujeito de direitos humanos pela educação: bases ético-filosóficas da educação em direitos humanos. Conjectura: filosofia e educação. UCS. Caxias do Sul, v. 20, n. especial, 2015, p.14-38. Disponível em: Acesso em 15 de agosto de 2017.

DALLARI, Dalmo de Abreu. Direitos Humanos e Cidadania. Coleção Polêmica, São Paulo: Moderna, 2004.

DELORS, Jacques (coord.). Educação um tesouro a descobrir. 7. ed. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: UNESCO, 2012.

FLECHA, Ramón. TORTAJADA, Iolanda. Desafios e saídas educativas na entrada do século. In: IMBERNÓN, Francisco. A educação no século XXI: os desafios do futuro imediato. 2.ed. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000. p. 21-36.

FREIRE, Paulo. Ação Cultural para a liberdade. 5. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

______. Pedagogia do Oprimido. 57. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

MORGADO, Patrícia. Práticas pedagógicas e saberes docentes na educação em direitos humanos. Rio de Janeiro: ANPED, 2001. Disponível em: http://25reuniao.anped.org.br/patricialimamorgadot04.rtf Acesso: 10 de agosto de 2019

PINI, Francisca Rodrigues de Oliveira; ADRIANO, Ana Lívia. Educação em direitos humanos: abordagens teórico-metodológica e ético-política. In: PINI, Francisca Rodrigues de Oliveira; MORAES, Célio Vanderlei (orgs). Educação, Participação Política e Direitos Humanos. São Paulo: Editora e Livraria Instituto Paulo Freire, 2011. p. 15-29.

ROCHA, Denise Abigail Britto Freitas. Educação em direitos humanos: a representação social dos professores da rede pública de ensino do município de Simões Filho, egressos do curso de pedagogia da Rede UNEB/2000. Tese de Doutorado. Salvador: UFBA, 2013.CA

ROCHA, José Cláudio. Teoria do Estado Democrático. Salvador: EDUNEB, 2009.

SILVA, Miguel Carvalho da (coord.). Guia prático para a educação global: conceitos e metodologias no âmbito da educação global para educadores e decisores políticos. Lisboa, Editora Centro Norte-Sul do Conselho da Europa, 2010.

TAVARES, Celma. Educação em Direitos Humanos: diretrizes e prática educativa. In: PINI , Francisca Rodrigues de Oliveira; MORAES, Célio Vanderlei (orgs). Educação, Participação Política e Direitos Humanos. São Paulo: Editora e Livraria Instituto Paulo Freire, 2011. p. 31-42

TAVARES, Celma ______. Educar em Direitos Humanos, o desafio da formação dos educadores numa perspectiva interdisciplinar. In: SILVEIRA, Rosa Mª Godoy, et al. Educação em Direitos Humanos: Fundamentos teóricos metodológicos. João Pessoa: Editora Universitária, 2007. p.487-503.

VIENA. Declaração e Programa de Ação de Viena. Viena, 14-25 de junho de 1993. Disponível em: http://www.oas.org/dil/port/1993%20Declara%C3%A7%C3%A3o%20e%20Programa%20de%20Ac%C3%A7%C3%A3o%20adoptado%20pela%20Confer%C3%AAncia%20Mundial%20de%20Viena%20sobre%20Direitos%20Humanos%20em%20junho%20de%201993.pdf Acesso em 10 de agosto de 2019

VIOLA, Solon Eduardo Annes. Políticas de Educação em Direitos Humanos. In: SILVA, Ainda Maria Monteiro; TAVARES, Celma (orgs.) Políticas e fundamentos da Educação em Direitos Humanos. São Paulo: Cortez, 2010. p. 15-40.

Downloads

Publicado

2021-08-16