Ritos funerários egípcios e as máscaras do Fayum

das profundezas da terra para a vida eterna

Autores

  • Maura Regina Petruski Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

DOI:

https://doi.org/10.29327/2345891.11.22-15

Palavras-chave:

Egito, Ritos funerários, Arte mortuária, Máscaras do Fayum

Resumo

As tradições funerárias do antigo Egito são intrinsecamente ligadas à crença na vida após a morte e à preservação do corpo para a jornada para o além. Ao longo de milênios, os egípcios desenvolveram elaborados rituais funerários e práticas para honrar os falecidos e assegurar uma transição bem-sucedida para a vida após a morte. Um dos aspectos mais notáveis desses ritos é a arte funerária, que inclui as misteriosas e fascinantes máscaras do Fayum. Estas, descobertas na região do Fayum, revelam uma prática singular de preservação e devoção aos mortos, destacando-se como expressões artísticas e testemunhos culturais únicos que transcendem o tempo. O presente artigo tem como objetivo apresentar uma análise sobre esses retratos funerários egípcios e seu contexto de produção. Acreditamos que as máscaras de Fayum revelam as complexidades dos ritos funerários egípcios e representam um importante artefato no mundo do Além. Do ponto de vista dos falecidos, as peças eram pensadas e projetadas na perspectiva de um futuro, abrindo caminho de maneira mais rápida para a outra vida, como uma espécie de passaporte para identificar a alma do indivíduo no trajeto de sua última e mais importante viagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Documentação textual

EZQUERRA DEL BAYO, J. Exposición de la miniatura-retrato en España. Catálogo general ilustrado. Madrid: Sociedad Española de Amigos del Arte, 2016.

AUBERT, M. F.; CORTOPASI, R. Portraits funéraires de l’Égypte romaine. Catalogue Musée du Louvre. Paris: Reunión de Musées Nationaux. 1998.

Obras de apoio

CARAVACA GUERRERO, C. I. Problemática de estudio en el caso de los retratos de El-Fayum. Antigüedad y cristianismo, Revista de estudios sobre Antigüedad Tardía, n. 38, p. 17-32, 2021.

EGGERS, N. de A. Descobrindo o Egito antigo na modernidade: a contribuição do antiquarista Giovani Belzoni (1816-1819). Revista Heródoto, v. 1, n. 1, p. 113-132, 2016.

FUNARI, R. S. Imagens do Egito antigo. São Paulo: Annablume, 2006.

GRALHA, J. C. A cultura material do cotidiano: espaço urbano e moradias no Egito faraônico. In: FUNARI, P. P. A.; FOGOLARI, E. P. (ed.) Estudos de Arqueologia Histórica. Erichin: Habitus, 2005, p. 115-132.

MENESES, U. T. B. de. História e imagem: iconografia/iconologia e além. In: CARDOSO, C. F.; VAINFAS, R. (ed.). Novos domínios da História. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012, p. 243-262.

MOELLER, N. The Archaeology of urbanism in Ancient Egypt: from the Predynastic Period to the end of the Middle Kingdom. Cambridge: Cambridge University Press, 2016.

OLIVEIRA, B. As apropriações culturais da rainha Cleópatra VII na contemporaneidade: um estudo a partir do filme Cleópatra, de 1963. Cadernos de Clio, n. 5, p. 113-132, 2014.

REIS, P. H. P. dos. Alcançando a imortalidade: representações da apoteose de Héracles na cerâmica grega dos séculos VI e IV a.C. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Arqueologia) – Programa de Pós Graduação em Arqueologia, História e Sociedade, Universidade Santo Amaro, São Paulo, 2019.

SALES, J. C. Poder e iconografia no antigo Egipto. Lisboa: Livros Horizonte, 2008.

SILIOTTI, A. Viajantes e exploradores: a descoberta do Antigo Egito. Barcelona: Folio, 2007.

SORIA-TRASTOY, M. T. Las estacas de madera de Haraga y la pesca em el-Fayum durante el Reino Médio. Trabajos de Egiptologia, Papers on Ancient Egypt, n. 11, p. 331- 365, 2020.

SOUZA NETO, J. M. G. de. Deuses do Egito (2016): uma narrativa fílmica da civilização branca. Transversos: Revista de História, n. 16, p. 20-32, 2019.

SZYMANEK, M. Molluscs and ostracods of the Qarun Lake: preliminary report from FA-1 core in Faiyum Oasis, northern Egypt. Studia Quaternaria, v. 34, v. 1, p. 39-45, 2017.

VASQUES, M. S. Máscaras funerárias do Egito romano: crenças funerárias, etnicidade e identidade cultural. Rio de Janeiro: PUBLIT, 2015.

Downloads

Publicado

31-12-2023

Como Citar

PETRUSKI, Maura Regina. Ritos funerários egípcios e as máscaras do Fayum: das profundezas da terra para a vida eterna. Romanitas - Revista de Estudos Grecolatinos, [S. l.], n. 22, p. 275–285, 2023. DOI: 10.29327/2345891.11.22-15. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/romanitas/article/view/41938. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Tema livre