Dos exercícios da crítica à construção dos estudos comparados: Das relações intersemióticas entre a pintura de Dacosta e a poesia de Drummond de Andrade ao inconsciente moderno.

Roney Jesus Ribeiro

Resumo


A partir das interligações entre a pintura e a poesia tentaremos estabelecer algumas relações com a psicanálise, mais especificamente falando sobre o inconsciente moderno. Por meio da pintura de Dacosta e da poesia de Drummond de Andrade, buscamos relacionar “a arte”, “a literatura”, “a filosofia” e “a psicanálise” e seus possíveis diálogos. Para tal, seguiremos afinados aos estudos de Bosi (1999), Deleuze (1998), Delgararrondo (2000), Foucault (2007), Gattari (2011), Paula (1994/1995), Venâncio Filho (1999), dentre outros.

 

Palavras-chaves: Pintura, poesia, inconsciente moderno.


Palavras-chave


Pintura, poesia, inconsciente moderno

Texto completo:

PDF

Referências


ABDALA JUNIOR, Benjamin; CAMPEDELLI, Samira Youssef. Tempos da Literatura. 6. ed. São Paulo: Ática, 1999.

BATISTA, Marta Rossetti; LOPEZ, Telé Ancona; LIMA, Yvone Soares de (Org.). Brasil: 1º tempo modernista 1917/25: documentação. São Paulo: IEB: USP, 1972

BECKER, H. Les mondes de l'art. Paris: Flammarion, 1988.

BOSI, Alfredo. Reflexões sobre a arte. São Paulo: editora Ática, 1999.

CESAROTO, Oscar; PETTER, Márcio. O que é psicanálise. São Paulo: Brasiliense 1992.

DELEUZE, Gilles. Lógica do sentido. São Paulo: Perspectiva, 1998.

DELEUZE, Gilles; GATTARI, Felix. Mil platôs 2. Trad.: Ana Lúcia de Oliveira e Lúcia Claudia Leão. São Paulo: Editora. 34, 2011b.

DELGARARRONDO, P. Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais. Porto Alegre: Artmed Editora: 2000.

DRUMMOND DE ANDRADE, Carlos. Antologia Poética. 12 eds. Rio de Janeiro: José Olympio. 2012.

DRUMMOND DE ANDRADE, Carlos. Sentimento do Mundo. Rio de Janeiro: Ed. Record, 2012.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. São Paulo: Martins Fontes. 2007.

GULLAR, Ferreira. Sobre Arte. Rio de Janeiro: Avenir. 1992.

JAKOBSON, Roman. Essais de linguistique general. 1. Les fondations du langage. Paris: Les Éditions de Minuit. 2003.

PAULA, Maria Lúcia B. C. de. Os mundos da arte de Milton Costa. Perspectiva. São Paulo: UNESP. Vol. 17/18. 1994/1995.

REY, Sandra. A colocação do problema: arte como processo híbrido. BRITES, Blanca e TESSLER, Elida (Orgs.). O meio como ponto zero: metodologia da pesquisa em artes plásticas. Porto Alegre: editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2002.

RIBEIRO, Roney Jesus. In: O Inconsciente Moderno: Literatura e Psicanálise. Dos Grilhões da Razão à Inconsciência Moderna: Da Pintura de Milton Dacosta à Poesia de Carlos Drummond de Andrade: Vitória: Editora Aquarius, 2014. Cap. 10, p. 178-187.

SANTOS, L. G. dos. A experiência surrealista da linguagem: Breton e a psicanálise. Rio de Janeiro: Ágora. Vol. 5 n. 2 p. 229-247.

SOARES, Luis Eustáquio; PALMAS, Cristiane (org). O Inconsciente Moderno: Literatura e Psicanálise. Vitória: Gráfica Aquarius, 2014.

VENÂNCIO FILHO, Paulo. Dacosta. São Paulo: Cosac & Naify, 1999.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.