CULTIVO E BENEFICIAMENTO DE TILÁPIA (Oreochromis niloticus) E ROBALO PEVA (Centropomus parallelus) EM REGIÃO ESTUARINA NO SUDESTE DO BRASIL

Autores

  • Rafael Ferreira Casotti Universidade Federal do Espírito Santo, Centro Universitário Norte do Espírito Santo, Departamento de Engenharias e Tecnologia (DETEC), Núcleo de Pesquisa em Gestão de Sistemas de Produção (NPGSP), Laboratório de Gestão Costeira: Aquicultura e Pesca (LGCap). Rodovia BR 101 Norte, Km 60, Bairro Litorâneo, CEP, São Mateus, Espírito Santo, Brasil. Fone/Fax: 55 27 3312- 1710.
  • Rayane Pereira Paiva Universidade Federal do Espírito Santo, Centro Universitário Norte do Espírito Santo, Departamento de Engenharias e Tecnologia (DETEC), Núcleo de Pesquisa em Gestão de Sistemas de Produção (NPGSP), Laboratório de Gestão Costeira: Aquicultura e Pesca (LGCap). Rodovia BR 101 Norte, Km 60, Bairro Litorâneo, CEP, São Mateus, Espírito Santo, Brasil. Fone/Fax: 55 27 3312- 1710.
  • Rafael Lima Rodrigues Universidade Federal do Espírito Santo, Centro Universitário Norte do Espírito Santo, Departamento de Engenharias e Tecnologia (DETEC), Núcleo de Pesquisa em Gestão de Sistemas de Produção (NPGSP), Laboratório de Gestão Costeira: Aquicultura e Pesca (LGCap). Rodovia BR 101 Norte, Km 60, Bairro Litorâneo, CEP, São Mateus, Espírito Santo, Brasil. Fone/Fax: 55 27 3312- 1710.
  • Rodrigo Randow de Freitas Universidade Federal do Espírito Santo, Centro Universitário Norte do Espírito Santo, Departamento de Engenharias e Tecnologia (DETEC), Núcleo de Pesquisa em Gestão de Sistemas de Produção (NPGSP), Laboratório de Gestão Costeira: Aquicultura e Pesca (LGCap). Rodovia BR 101 Norte, Km 60, Bairro Litorâneo, CEP, São Mateus, Espírito Santo, Brasil. Fone/Fax: 55 27 3312- 1710.

DOI:

https://doi.org/10.0001/EOP03

Resumo

Atualmente, a produção de organismos aquáticos tem adquirido destaque no cenário produtivo de alimentos, conforme os dados da produção nacional e mundial. No Brasil, a quantidade da produção registrada no ano de 2010 foi de 1.264.765t, registrando-se um crescimento de 2% em relação a 2009, quando foram produzidas 1.240.813t de pescado (BRASIL, 2010; FAO 2012). 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. (2010) – Ministério da Pesca e Aquicultura – MPA. - Boletim Estatístico da Pesca e Aquicultura, 2010. Acessado em 08 de fev de 2014 em http://www.mpa.gov.br/index.php/topicos/300-boletim-estatistico-da-pescaeaquicultura- 2010.

FAO (2007) – Food and Agricultural Organization of the United Nations. (2007) - The state of world fisheries and aquaculture 2006 (SOFIA). Rome: FAO. 180p. Acessado em 01 de jul de 2014 em http://www.fao.org/fishery/sofia/en.

FAO (2012) – Food and Agricultural Organization of the United Nations - Fisheries and Aquaculture topics. The State of World Fisheries and Aquaculture 2008-2012 (SOFIA). Topics Fact Sheets. Text by Jean- Francois Pulvenis. In: FAO Fisheries and Aquaculture Department [online]. Rome. Updated 9 July 2012. Acessado em 04 de ago de 2014 em http://www.fao.org/fishery/sofia/en.

GIL, A.C. (1995) - Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo: ATLAS.

ONO, E.A. & KUBITZA, F. (1999) - Cultivo de peixes em tanques-rede, Jundiaí, 1999, 2 Ed, 68 p.

Downloads

Publicado

2015-11-06

Como Citar

Casotti, R. F., Paiva, R. P., Rodrigues, R. L., & Freitas, R. R. de. (2015). CULTIVO E BENEFICIAMENTO DE TILÁPIA (Oreochromis niloticus) E ROBALO PEVA (Centropomus parallelus) EM REGIÃO ESTUARINA NO SUDESTE DO BRASIL. Brazilian Journal of Production Engineering - BJPE, 1(1), 1–3. https://doi.org/10.0001/EOP03

Edição

Seção

ENGENHARIA DE OPERAÇÕES E PROCESSOS DA PRODUÇÃO- OPERATIONS & PRODUCTION PROCESS