Avaliação duplo-cega por pares

Originais submetidos à Revista (Con)Textos Linguísticos passam por um sistema de avaliação duplo-cega por pares. Os textos são avaliados, anonimamente, por dois avaliadores que podem ser membros do Conselho Editorial ou pareceristas ad hoc. No caso de pareceres divergentes sobre um original, um terceiro avaliador pode ser consultado.

Concluída a etapa de avaliação, os autores são notificados sobre a decisão editorial com cópia dos pareceres e, se for o caso, recebem instruções para o envio de uma versão modificada do texto. Textos modificados não enviados dentro do prazo estabelecido pelo editor responsável pelo fluxo editorial da submissão não serão publicados na edição para a qual foram encaminhados. Dados e conceitos contidos nos textos, bem como a exatidão das referências bibliográficas, são de inteira responsabilidade dos autores.

Como garantir o blind review