n. 47 (2021): História da Saúde e da Doença: da Lepra à Hanseníase

					Visualizar n. 47 (2021): História da Saúde e da Doença: da Lepra à Hanseníase

As doenças e suas implicações sociais foram, durante muito tempo, um capítulo negligenciado pela História.  Pode-se dizer que foi a partir do fim da década de 1950 e início da década de 1960, que os primeiros historiadores, de origem francesa e inglesa vieram a se debruçar sobre o tema. Ocorre então, uma renovação nos estudos dessa temática, em especial a partir dos estudos dos pesquisadores da história da medicina como Louis Chevalier e Asa Brigges. É possível inferir, então, que estes estudos passaram a abordar não mais apenas os aspectos médicos e demográficos das doenças, mas, buscavam enxergá-las e entendê-las como fenômenos sociais.

Publicado: 28-01-2022

Edição completa

Apresentação