Descompasso entre conhecimentos, atitudes e práticas sobre arboviroses e saneamento: Pesquisa-ação em um município brasileiro

Mismatch between knowledge, attitudes and practices on arboviruses and sanitation: Action research in a Brazilian municipality

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47456/hb.v2i1.32775

Palavras-chave:

Arboviroses, Saneamento, Conhecimentos, Atitudes e Práticas, Pesquisa-Ação

Resumo

O estudo objetivou compreender os conhecimentos, atitudes e práticas da população de um município brasileiro no enfrentamento das arboviroses, devido à relevância do tema mediante altas taxas de incidência de arboviroses transmitidas pelo Aedes aegypti e sua possível associação com as deficiências relacionadas ao saneamento. Trata-se de um estudo de pesquisa-ação, combinando abordagens quantitativas e qualitativas, abrangendo cinco etapas: (i) análise documental; (ii) observação participante; (iii) entrevistas; (iv) aplicação de questionário; (v) atividades de extensão. Apesar dos conhecimentos da população sobre as arboviroses e esforços governamentais, existem lacunas na compreensão dos riscos associados, causas e formas de prevenção das doenças. A população apresentou baixa confiança em relação à qualidade da água distribuída pela rede do município, recorrendo a fontes alternativas e não seguras e armazenamento inadequado. Constatou-se também que a população ainda não se apropriou de como ocorre a transmissão das doenças, desconhecendo quais delas estão relacionadas com saneamento inadequado, apresentando práticas que não correspondem às suas falas. O preenchimento das lacunas entre o conhecimento e o comportamento é um desafio importante para a implementação de medidas de controle das arboviroses, sendo necessário valorizar a elaboração de políticas públicas e ações organizadas efetivamente junto à população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-04-28

Edição

Seção

Ciências da Saúde