Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • Todos os autores do artigo participaram ativamente da pesquisa
  • Os artigos têm as referências e indicações de financiamento
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Foram retiradas todas as indicações dos autores, inclusive internas, assegurando a avaliação pelos pares cega (double blind peer review)

Diretrizes para Autores

Aceitam-se artigos em português e inglês. Os autores devem indicar a seção mais apropriada para o seu artigo. Além do título, resumo e palavras-chave na língua de redação do artigo, os autores devem registrar no texto do artigo as versões desses itens em português ou inglês, conforme o caso. Ou seja, os títulos, resumos e palavras-chave devem ser bilíngues.

Os artigos deverão ter no mínimo 10 e no máximo 25 páginas digitadas, em fonte Arial, corpo 12, espaçamento de 1.5. Margens de 3 cm. As citações com mais de 3 linhas devem ser destacadas do texto, compondo parágrafo com recuo à direita de 4 cm, em Arial, corpo 11.

As citações dos autores no texto, bem como as referências do final do artigo, devem seguir as normas da ABNT. Havendo dúvidas, os autores devem consultar artigos publicados nos fascículos mais recentes da revista. As provas dos artigos aceitos serão enviadas aos autores para verificação.

Retirar do artigo enviado o nome ou qualquer referência que indique os autores, inclusive das "propriedades do documento".

Ao submeter o artigo, todos os autores assumem que:

  • Todos os autores do artigo participaram ativamente da pesquisa;
  • Todos os artigos serão submetidos à um processo de revisão por pares (double blind peer review);
  • Todos os artigos devem ter referências e indicações de financiamento;
  • Os artigos devem ser inéditos, ou seja, não podem ter sido publicados em outros periódicos;
  • Os autores se comprometem a se retratar e corrigir eventuais erros.

DOSSIÊS TEMÁTICOS

A revista Kiri-kerê publica a partir de seu terceiro ano, dossiês temáticos organizados por pesquisadores de reconhecido conhecimento na área convidados pelo corpo editorial da revista. As submissões devem ser feitas na seção dossiê.

 

Relatos de experiência

O objetivo desta sessão é socializar experiências em ensino sem a necessidade de uma análise acadêmica profunda muito embora se presuma a existência de pressupostos teóricos.

Dossiê: Nas tramas do Ensino de Artes: experimentações e expectações em

Período para as submissões: 01 de abril a 01 de julho de 2021
Publicação (previsão): novembro de 2021

O dossiê temático intitulado “Nas tramas do Ensino de Artes: experimentações e expectações em tempos de distopia”, tem como objetivo reunir artigos, ensaios e relatos de experiência frutos de investigações em curso ou já concluídas que debatam, teórica e/ou empiricamente, sobre a atualidade e os horizontes dos saberes e práticas do Ensino de Artes em suas diferentes expressões (teatro, dança, artes visuais, música, cinema/vídeo, interação das artes). Serão selecionados para publicação textos que versem sobre experiências artístico-pedagógicas na escola, possibilidades metodológicas de Ensino de Artes, fundamentos histórico-críticos da arte-educação, arte-educação no ensino não-formal e demais temas relativos ao Ensino de Artes, dentro do escopo do dossiê. Desse modo, pretende-se vislumbrar diferentes visões acerca dos percursos e percalços dos 50 anos de obrigatoriedade do ensino da Educação Artística na educação básica brasileira - pela LDB de 1971 - (ainda na modalidade de atividades curricular, não como “disciplina”). O ponto de partida do dossiê é a metáfora da trama que entrelaça aspectos como a ética, a política e a estética na relação entre as artes, suas interações e interfaces com a educação, organizando o sensível, o visível, o pensável, o dizível e o possível, traçando um panorama da diversidade de experimentos e expectações nas práticas docentes em Artes, tanto na educação formal quanto na educação não-formal. A expectação é aqui compreendida não só como o olhar que age, mas sobretudo como única espera possível, em contraposição à esperança, na perspectiva da ação que efetiva acontecimentos, transformações, cujo sentido maior no dossiê é mapear territórios já constituídos e/ou em constituição de atuação no Ensino das Artes, no caminhar da distopia à utopia. A realidade com a qual docentes e discentes, especialmente em Artes, têm-se deparado a partir de 2020 tem encontrado abrigo na distopia da confusão conveniente em torno do valor da arte, dos artistas, da criatividade e da educação estética como atividades inseparáveis da vida humana. Isso nos leva à possível afirmação de que a crise pela qual estamos passando, enquanto sociedade, é anterior ao surgimento do novo coronavírus. Com o fim de acarear o passado com o presente, pretende-se, com este mapeamento de experiências artístico-pedagógicas, lançar olhares sobre o Ensino de Artes, entre o passado e o presente, para o futuro, abarcando, também, as práticas em arte-educação emergentes durante a pandemia do novo coronavírus.

Organizadores

 

Profª. Msc. Roberta Moratori (UFES),

Prof. Dr. Gessé Almeida Araújo (UFSB),

Prof. Dr. Osvanilton Conceição (UEMS),

Prof. Msc. Fernando Leão (UFSB).

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.