Aplicação de uma sequência didática lúdica e interdisciplinar no desempenho escolar de alunos com dificuldades e distúrbios de aprendizagem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47456/krkr.v1i9.32915

Resumo

Na presente pesquisa, teve-se como objetivo investigar se a aplicação de sequências didáticas interdisciplinares de natureza lúdica auxiliam na aprendizagem de crianças com dificuldades e distúrbios de aprendizagem. O estudo é de caráter qualitativo, tendo como técnica de pesquisa a pesquisa-ação, foi realizada em uma turma de 2° ano do ensino fundamental de uma escola Municipal de Santa Maria, RS. Na turma estudada foram aplicadas duas vezes por semana, durante o ano de 2019, sequências didáticas interdisciplinares de caráter lúdico. No estudo, analisou-se se as práticas pedagógicas interdisciplinares auxiliam no desempenho escolar dos alunos com dificuldades e distúrbios de aprendizagem. Também foram realizadas três avaliações de desempenho dos alunos, formuladas pela pesquisadora professora regente da amostra estudada, contendo questões sobre alfabetização, embasadas teoricamente nas hipóteses de aquisição da escrita de Ferreiro e Teberosky (1991). Os pais ou responsáveis pelos alunos também participaram do estudo, sendo convidados a responder um questionário que investigou questões referentes ao desenvolvimento da criança. O estudo também apresenta resultados referentes às avaliações de desempenho dos alunos e demonstra que houve avanços na aprendizagem da grande maioria dos alunos participantes da pesquisa, porém nem todos se alfabetizaram. Cabe ressaltar que alunos com dificuldades e distúrbios de aprendizagem, na maioria dos casos, necessitam, além de aulas interdisciplinares e lúdicas, de tratamento com profissional especializado

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia Gonçalves Borin Moro, Universidade Franciscana UFN

Possui graduação em Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Federal de Santa Maria (2010), especialização em Gestão Educacional EAD pela Universidade Federal de santa Maria (2012). Especialização em Mídias da Educação EAD pela Universidade Federal de Santa Maria (2017). Atualmente atua como professora anos iniciais e educação infantil no município de Santa Maria, RS. Mestre em Ensino de Humanidades e Linguagens, UFN, Santa Maria, RS.

Janaína Pereira Pretto Carlesso, UNIVERSIDADE FRANCISCANA UFN

Possui graduação em Psicologia pela UNIFRA atual (UFN); Especialista em Educação Especial: Altas Habilidades/Superdotação pela (UFSM); Mestre em Distúrbios da Comunicação Humana pela (UFSM); Doutora em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde pela (UFSM). Na Universidade Franciscana (UFN) atua como professora adjunta no curso de graduação em Psicologia, na pós-graduação em Neurociência do Desenvolvimento e da Cognição e no Mestrado em Ensino de Humanidades e Linguagens (MEHL).

Downloads

Publicado

2020-12-31

Edição

Seção

Artigos