O conhecimento geográfico das camadas sociais não letradas em Atenas e Roma (sécs. V a.C. – II d.C.)

Autores

  • Guilherme de Aquino Silva Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)

DOI:

https://doi.org/10.29327/2345891.11.22-16

Palavras-chave:

Geografia, Atenas Clássica, Império Romano, Iletrados

Resumo

O livro Illiterate Geography in Classical Athens and Rome, de Daniela Dueck (2021), preenche uma lacuna na historiografia acerca da Geografia antiga, pois, além de elencar fontes de natureza não textual, volta o olhar para as camadas sociais iletradas, buscando identificar a maneira pela qual o conhecimento geográfico foi produzido e divulgado entre aqueles que não tiveram o privilégio de estudar. Portanto, a obra cumpre um importante papel de deslocar o foco dos textos produzidos pela elite letrada, exaustivamente explorados pela historiografia, propondo um olhar voltado para as massas. Dessa maneira, indicamos a leitura do livro àqueles que se interessam por compreender a relação dos gregos e romanos – letrados e iletrados – com a Geografia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

DUECK, D. Geography in Classical Antiquity. Cambridge: Cambridge University, 2012.

DUECK, D. Illiterate Geography in Classical Athens and Rome. London: Routledge, 2021.

DUECK, D.; LINDSAY, H.; POTHECARY, S. (ed.). Strabo’s cultural Geography: the making of a “Kolossourgia”. Cambridge: Cambridge University, 2005.

DUECK, D. Strabo of Amasya: a Greek man of letters in Augustan Rome. London: Routledge, 2000.

DUECK, D. (ed.) The Routledge Companion to Strabo. London: Routledge, 2017.

Downloads

Publicado

31-12-2023

Como Citar

DE AQUINO SILVA, Guilherme. O conhecimento geográfico das camadas sociais não letradas em Atenas e Roma (sécs. V a.C. – II d.C.). Romanitas - Revista de Estudos Grecolatinos, [S. l.], n. 22, p. 287–294, 2023. DOI: 10.29327/2345891.11.22-16. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/romanitas/article/view/41969. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Resenhas