n. 23 (2020)

					Visualizar n. 23 (2020)

Não seria exagero afirmar que a consciência temporal desse novo século se iniciou apenas no ano de 2020. Fatos históricos capazes de evidenciar as condições humanas em escala global não são corriqueiros. A conjuntura decorrente desses fatos faz emergir problemas e discussões que devem ser enfrentados sem a possibilidade de sua negação. No nosso caso, quotidiano, arte e educação se mostram como eixos cruzados em pontos-chave que podem não apenas sustentar como impulsionar a melhor compreensão, aceitação e relação entre os agentes da arte: público, artistas, pesquisadores, instituições, etc. Nesse sentido, a Farol 23 traz, em sua seção temática, organizada por Stela Sanmartin e Regina Johas, entrevistas com os artistas Graziela Kunsch, Jorge Menna Barreto e Fábio Tremonte, artigos de Sarah Ferreira, Ruy Cezar Campos Figueiredo, Rittieli Quaiatto, Elisa de Noronha Nascimento e Louise Palma e Lindomberto Ferreira Alves e o ensaio que abre esta edição, e que foi traduzido por Regina Johas, é de autoria de Dorothee Richter, professor de Curadoria Contemporânea na Universidade de Artes de Zurique. Com a ratificação do compromisso de apresentar e alimentar os debates na área de artes, convidamos a todos a compartilharem das pesquisas apresentadas nestas páginas.

Publicado: 2020-12-31

Edição completa

Entrevistas