“Escola de Espectador”, o teatro como extensão e cidadania

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30712/guara.v6i10.17110

Resumo

Esse trabalho pretende trazer algumas reflexões sobre a experiência do projeto de extensão Escola de Espectador realizado em parceria entre a Universidade Federal de Juiz de Fora e o Centro de Estudos Teatrais – Grupo Divulgação. Em seus 32 anos de atuação, o projeto leva escolas, núcleos e comunidades ao Teatro contribuindo para a formação de espectadores de classes populares. Faremos uma breve análise da participação dos núcleos atendidos pelo projeto durante as comemorações dos 50 anos do Grupo Divulgação, ocorrido no primeiro semestre de 2016. Observou-se a participação dos estudantes durante as apresentações e suas opiniões sobre os espetáculos. As temáticas sociais apresentadas no palco são aprofundadas em sala de aula, por meio de atividades pedagógicas desenvolvidas por alunos e professores. Os resultados são positivos e apontam para a contribuição do teatro para a construção da cidadania.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcia Cristina Vieira Falabella, Universidade Federal de Juiz de Fora

Possui graduação em Faculdade de Comunicação Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1988), mestrado em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1993), doutorado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2003) e Pós-Doutorado em Estudos Teatrais na Université Paris 3 - Sorbonne Nouvelle (2008). É professora associada do Departamento de Fundamentos, Teorias e Contextos da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora desde 1994. Dedica-se aos seguintes temas: comunicação, espetáculo teatral, atuação dramática, identidade cultural e espetáculo. É membro do Centro de Estudos Teatrais - Grupo Divulgação desde 1986, contabilizando participação como atriz em mais de 70 espetáculos (para público adulto e infantil) produzidos pela companhia.

Downloads

Publicado

2019-02-04

Edição

Seção

Artigos