A Experimentoteca da Universidade Federal do Espírito Santo: uma Abordagem para a Educação Científica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30712/guara.v0i11.21174

Resumo

Em 2018 o Projeto Experimentoteca Pública: Educação Científica Através De Práticas Experimentais comemora 20 anos como um dos projetos mais perenes da Universidade Federal do Espírito Santo. Entre suas atividades estão a formação inicial e continuada de professores da área das Ciências da Natureza, bem como a promoção de instrumentos para melhoria da qualidade das aulas de ciências do ensino fundamental e médio. Objetivamos apresentar um breve histórico do Projeto, bem como os serviços prestados a educação básica e formação de professores desde 2010, assim como suas perspectivas atuais e potenciais futuros de atuação no ensino das Ciências no Espírito Santo. Como resultado, temos a difusão, por meio de empréstimos de kits didáticos para escolas, assim como a disseminação da ciência e aprimoramento da educação através de cursos para professores e alunos dos ensinos fundamental, médio e superior, além das exposições em feiras científicas. Somente no primeiro semestre de 2018 foram atendidos mais de 3700 alunos da educação básica entre oficinas realizadas dentro e fora da Universidade. Durante as atividades experimentais os alunos mostraram grande interesse e envolvimento. Conclui-se, portanto, que a difusão científica por meio de práticas experimentais é de suma importância para o aprimoramento da educação em ciências.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-08-07

Edição

Seção

Artigos