Mortalidade cardiovascular total e prematura no Espírito Santo: uma análise de tendências

Autores

  • Juliana Bottoni de Souza Universidade Federal do Espírito Santo
  • Eliana Zandonade Universidade Federal do Espírito Santo
  • José Geraldo Mill Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.47456/rbps.v22i4.33007

Palavras-chave:

Mortalidade, Doenças cardiovasculares, Brasil, Tendência, Morte prematura

Resumo

Introdução: As doenças cardiovasculares (DCV) constituem a principal causa de morte no Brasil. O perfil dessa mortalidade no estado do Espírito Santo (ES) ainda é pouco conhecido. Objetivo: Determinar a mortalidade cardiovascular total e prematura (30 a 69 anos) no ES e sub-regiões, no período de 2006 a 2016, e comparar com as taxas no Brasil e na Região Sudeste. Métodos: Os dados dos óbitos foram obtidos do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), e as estimativas populacionais para o período foram as do censo demográfico de 2010, com projeções para os demais anos intercensitários. As taxas de mortalidade foram padronizadas pela idade, segundo a população do Brasil em 2010. Resultados: No Brasil, Sudeste e ES, houve queda acentuada das taxas de mortalidade cardiovascular total e prematura no período apurado, sendo essa queda mais acentuada no ES em relação ao Brasil com variação de, aproximadamente, 20% no início da série. Em 2012, as taxas se estabilizaram ficando abaixo das observadas no Brasil e Sudeste. No ES, 40,2% dos óbitos por DCV ocorreram em idade prematura (30 a 69 anos). No Brasil e Sudeste esse percentual foi de 39,7% e 41,2%, respectivamente. Conclusão: Ocorreu declínio nas taxas de mortalidade por DCV no Brasil, Sudeste e ES no período apurado, com declínio maior no ES. Nos três segmentos, a taxa de mortalidade prematura é ainda elevada. Portanto, a prevenção primária de fatores de risco deve ser intensificada para se atingirem as metas de redução da mortalidade cardiovascular prematura estabelecidas para 2025.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

14.06.2021

Como Citar

Bottoni de Souza, J. ., Zandonade, E., & Geraldo Mill, J. . (2021). Mortalidade cardiovascular total e prematura no Espírito Santo: uma análise de tendências. Revista Brasileira De Pesquisa Em Saúde/Brazilian Journal of Health Research, 22(4), 65–73. https://doi.org/10.47456/rbps.v22i4.33007

Edição

Seção

Artigos Originais