MAPEAMENTO E PADRONIZAÇÃO DE PROCESSOS EM UMA QUEIJARIA ARTESANAL

PROCESSES MAPPING AND STANDARDIZATION IN AN ARTISAN CHEESE FACTORY

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47456/bjpe.v7i5.35833

Palavras-chave:

Mapeamento de processo, padronização de processo, queijaria artesanal

Resumo

Dado o cenário geral atual, contemplando âmbito financeiro, cultural e social, produtos de origem artesanais, manufaturados diretamente do produtor, vem obtendo mais ênfase ao decorrer dos anos. Visando a implementação de técnicas e ferramentas em produções de caráter manual, este trabalho tem como objetivo apresentar o mapeamento de processos de uma queijaria artesanal no interior do município do Capão do Leão/RS, assim como sugerir padronização a esses. O trabalho visa, a partir de revisão bibliográfica e de estudo de caso aplicar ferramentas gerenciais de mapeamento de processos, podendo assim padroniza-los, visando organizar instrumentos, racionalizando a produção, culminando em minimização dos custos, com efetiva qualidade. Os resultados obtidos no estudo de caso foram a efetiva implementação de padronização das operações e novo arranjo físico mais adequado ao processo produtivo artesanal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ariane Ferreira Porto Rosa, Universidade Federal de Pelotas

Doutora em Automatique et Informatique Appliquées (Spécialité Génie Industriel Qualité), pela Université de Nantes (2005). Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2001). Graduada em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1998). Realizou Pos-Doutorado na Ecole des Mines de Nantes (2006). Atuou como Professora pesquisadora (Chargé de Recherche MINEFE) no Centre Microélectronique de Provence Georges Charpak e Institut Henri Fayol da Ecole Nationale Supérieure des Mines de Saint-Etienne (2006 -2012). Atuou como Professora Convidada no Instituto Politécnico do Rio de Janeiro da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2012-2013). Atualmente é Professora no Centro de Engenharias da Universidade Federal de Pelotas, no curso de Engenharia de Produção. Leciona disciplinas das seguintes áreas: Engenharia da Qualidade, Confiabilidade, Modelagem Matemática, Engenharia do Produto, Gestão da Inovação, Métodos Multivariados, Projetos de Experimentos. Atua em pesquisas na área de Engenharia da Qualidade, Desenvolvimento de Produto e Sistemas Produtivos: Métodos Estatisticos Avançados para o Controle da Produção; Modelagem Matematica linear e não linear; Ferramentas Quantitativas no Lean Six Sigma, Ferramentas Quantitativas para o PDP. Atua como Avaliadora de Cursos de Engenharias integrante do Banco de Avaliadores BASis (INEP/MEC) Portaria 864 DOU 20/09/2018. Possui nacionalidades Brasileira e Francesa, tendo residido e trabalhado na pesquisa e ensino superior na França de 2002 a 2012. Bilíngue Português-Francês e fluente em Inglês. IDs: orcid.org/0000-0002-1345-7523; www.researchgate.net/profile/Ariane_Ferreira_Porto_Rosa; Scopus Author ID: 35117740500 (Texto informado pelo autor)

Philippe Rieffel Breide, Universidade Federal de Pelotas

Possui graduação em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Pelotas (2019), e formação em Curso Técnico em Química com Ênfase em Análises Químicas pelo Centro Federal de Educação Tecnológica - RS (2004). Atualmente é assistente em administração da Universidade Federal de Pelotas, atuando no Departamento de Educação Matemática e como chefe do núcleo administrativo do Instituto de Física e Matemática. Tem experiência na área de análises químicas de petroquímicos, águas e efluentes, tratamento de águas, e em rotinas administrativas, assim como tópicos de gestão administrativa. (Texto informado pelo autor)

Rogério Royer, Universidade Federal de Pelotas

Graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1996), Mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2001) e Doutorado em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Experiência na área de Engenharia de Produção, atuando nos seguintes temas: Planejamento e Controle da Produção, Engenharia da Qualidade, Gestão de Operações e Processos. Atualmente atua como Professor AssociadoI no Curso de Engenharia de Produção do Centro de Engenharias (CENG) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). (Texto informado pelo autor)

Referências

Association of Business Process Management Professionals. Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio - Corpo Comum de Conhecimento. (2013) Journal of Chemical Information and Modeling, 53(9), 1689-1699.

Baldam, R. L. (2008) Gerenciamento de processos de negócios no setor siderúrgico: Proposta de estrutura para implantação. Tese de Doutorado em Ciências em Engenharia de Produção, 2008. Recuperado de http://objdig.ufrj.br/60/teses/coppe_d/RoquemarDeLimaBaldam.pdf

Campos, V. F. (1992) TQC Controle da Qualidade Total (No estilo japonês). Belo Horizonte, 8. Ed., editora de Desenvolvimento Gerencial.

Carmo, E. P. (2018) Análise dos custos de perdas geradas no processo de produção de cabos isolados: estudo de caso em uma fabricante de cabos elétricos. In XXXVIII Eencontro Nacional de Engenharia de Produção. Maceió, Alagoas, Brasil, p. 1-17.

Castilho, E. (2017) Brasil: 70% dos alimentos que vão à mesa dos brasileiros são da agricultura familiar. Recuperado de https://www.sna.agr.br/brasil-70-dos-alimentos-que-vao-a-mesa-dos-brasileiros-sao-da-agricultura-familiar/

Corrêa, H. L., & Corrêa, C. A. (2013) Administração de Produção e Operações. 2. Ed. São Paulo: Ed. Atlas.

Correa, K., Leal, F., & Almeida, D. (2002) Mapeamento de processo: uma abordagem para análise de processo de negócio. In Encontro Nacional de Engenharia de Produção, p. 1–8.

Datz, D. C. (2004) Mapeamento de processos como instrumento de apoio à implementação do custeio baseado em atividades nas organizações. In Encontro Nacional de Engenharia de Produção, p. 2099–2106.

De Paula, P. H. M, Siqueira, E. W. M., Oliveira, J. P. P., & Doso, V. F. (2015) Proposta de melhoria do layout produtivo: estudo de caso em uma empresa gráfica. In Encontro Nacional de Engenharia de Produção, p. 1–14.

EMBRAPA (2012) Produção artesanal de Queijo coalho, Ricota e Bebida Lacta em Agroindústria Familiar – Boas Práticas de Fabricação, junho.

Keller, F. P. (2014) Trabalho e economia do artesanato no capitalismo contemporâneo. In 29ª Reunião Brasileira de Antropologia – GT 034: Etnografias do capitalismo. Natal, p. 1–20.

Gaither, N., & Greg, F. (2006) Administração da produção e operações. Ed. Thomson Learning, São Paulo.

Ghinato, P. (1996) Sistema Toyota de Produção: mais do que simplesmente Just-in-time. Ed. da UCS, Caxias do Sul.

Gil, A. C. (2002) Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. Atlas, São Paulo.

Gomes, C. (2009) Antecedentes do Capitalismo. p. 576. Recuperado de https://resistir.info/livros/c_gomes_antecedentes_do_capitalismo.pdf

Gorte, C. R., & Pontes, J. (2016) Proposta de uma Metodologia de BPMN para melhoria de processos em empresa de pequeno porte. In Encontro Nacional de Engenharia de Produção, p. 1–15

IBM, (1970), Flowcharting Techniques GC20-8152-1. Recuperado de https://fulmanski.pl/zajecia/wdi/zajecia_20142015/materialy/IBM-FlowchartingTechniques-GC20-8152-1.pdf

IPHAN (2006) Queijo Artesanal de Minas. Recuperado de http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Dossie_modo_fazer_queijo_minas.pdf

Kayser, D. (2001) Identificação e redução de perdas segundo o sistema Toyota de produção: um estudo de caso na área de revestimento de superfícies. Dissertação de Mestrado Profissionalizante em Engenharia. UFRGS, Porto Alegre.

Kishida, M., Silva, A. H., & Guerra, E. (2005) Benefícios da Implementação do Trabalho Padronizado na ThyssenKrupp. 2005. Recuperado de http://www.lean.org.br

Liker, J. K. (2005) O Modelo Toyota - 14 Princípios de gestão do maior fabricante do mundo. Ed. Bookman, Porto Alegre.

Mattar, F. N. (2001) Pesquisa de marketing. 3.ed. Atlas, São Paulo.

Menezes, S. S. M. (2011) Queijo artesanal: identidade, prática cultural e estratégia de reprodução social em países da América Latina. Revista Geográfica de América Central, v. 2, p. 1–16.

Miguel, P. A. C. (2010) Metodologia de pesquisa em engenharia de produção e gestão de operações. Ed. Elsevier, Rio de Janeiro.

Pontes, B. R. (2005) Avaliação de desempenho: nova abordagem. Ed. LTr, São Paulo.

Rezende, D. M., Silva, J. F., Miranda, S. M., & Barros, A. (2012) Lean Manufacturing: redução de desperdícios e a padronização do processo. In Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 1–16.

Rosa, G. P., Craco, T., Reis, Z. C., & Nodari, C. H. (2014) Reorgnização do layout como uma estratégia de otimização da produção. Revista Gestão da Produção, Operações e Sistemas, 9(2), 139-154.

Scartezini, L. M. B. (2009) Apostila Análise e Melhoria de Processos. Goiânia. Recuperado de http://siseb.sp.gov.br/arqs/GE%20B%20-%20An%C3%A1lise-e-Melhoria-de-Processos.pdf

Shingo, S. (1996) O Sistema Toyota de Produção do ponto de vista da Engenharia de Produção. Ed. Bookman, Porto Alegre.

Slack, N.; Chambers, S.; Johnston, R. (2010) Administração da produção, 2 Ed. Atlas, São Paulo.

Switzerland Cheese Marketing. Do leite ao queijo em 5 fases. Recuperado de https://www.queijosdasuica.pt/informacoes-importantes/producao/do-leite-ao-queijo-em-5-fases.html

Ventura, M. M. (2007) O estudo de Caso como Modalidade de Pesquisa. Revista da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 20(5).

Wanzeler, M. dos S, Ferreira, L. M. L, & Santos, Y. B. (2010) Padronização de processos em uma empresa do setor moveleiro: um estudo de caso. In: Encontro Nacional de Engenharia de Produção, p. 1-14.

Wazlawick, R. S. (2008) Metodologia de Pesquisa para Ciência da Computação. Ed. Campus Elsevier, São Paulo.

Wohlin, C.; Runeson, P., Host, M., Ohlsson, M. C., Regneel, B., & Wesslén, A. (2012) Experimentação em Engenharia de Software: Uma Introdução. Ed. Springer-Verlag Berlin Heidelberg.

Yoshida, F. N. (2010) Análise de um modelo de padronização de processos para a construção civil. Dissertação de mestrado em Engenharia de Edificações e Saneamento. Universidade Estadual de Londrina. Recuperado de https://1library.org/document/ye3mvr4q-analise-de-um-modelo-de-padronizacao-de-processos-para-a-construcao-civil.html

Publicado

2021-10-14

Como Citar

Rosa, A. F. P., Breide, P. R., & Royer, R. (2021). MAPEAMENTO E PADRONIZAÇÃO DE PROCESSOS EM UMA QUEIJARIA ARTESANAL: PROCESSES MAPPING AND STANDARDIZATION IN AN ARTISAN CHEESE FACTORY. Brazilian Journal of Production Engineering - BJPE, 7(5), 01–16. https://doi.org/10.47456/bjpe.v7i5.35833

Edição

Seção

ENGENHARIA DE OPERAÇÕES E PROCESSOS DA PRODUÇÃO- OPERATIONS & PRODUCTION PROCESS