ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DE SEGURANÇA NO TRÂNSITO URBANO COM APOIO DE MÉTODO MULTICRITÉRIO

ANALYSIS OF THE SAFETY PERCEPTION IN URBAN TRANSIT WITH THE SUPPORT OF A MULTI CRITERIA METHOD

Autores

Palavras-chave:

Mobilidade urbana; Acidentes de trânsito; Planejamento urbano; Tomada de decisões; Estratégia.

Resumo

A segurança no trânsito é um dos temas mais preocupantes no planejamento urbano. Em face do elevado número de mortes e lesões decorrentes dos acidentes de trânsito, as intervenções do Poder Público consistem na tentativa de reduzir a probabilidade e minimizar os riscos de acidentes de trânsito e suas graves consequências. No intuito de contribuir para a formulação de políticas públicas sobre o tema, o presente trabalho apresentou a percepção de 11 motoristas profissionais da cidade de São Mateus (Espírito Santo) acerca de critérios, subcritérios e alternativas que influenciam na segurança do trânsito, por meio do método multicritério Analytic Hierarchy Process (AHP). Os resultados sugerem que o atributo humano seja o que possui a influência mais elevada na segurança do trânsito, enquanto a educação é percebida como a alternativa que pode contribuir diretamente para a melhoria da mobilidade e da segurança nesse ambiente. A abordagem proposta pode auxiliar formuladores e gestores de políticas públicas a estruturarem o planejamento e gerenciarem ações em relação às práticas e esforços globais para tornar o ambiente do trânsito mais seguro

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diego Vieira dos Santos, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestrando em Gestão Pública pela Universidade Federal do Espírito Santo. Possui Especialização Lato Sensu em Gestão Pública pela Faculdade Capixaba de Nova Venécia (2012). Graduado em Administração de Empresas pela Faculdade Vale do Cricaré (2011). Atua, desde 2015, como Servidor Técnico-Administrativo (Administrador) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo.

Julien Chiquieri, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Brasil

Professor Associado II de Produção e Nutrição de Não Ruminantes do DCAB/CEUNES/UFES. Professor Convidado do Programa de Pós Graduação em Gestão Pública da UFES. Possui graduação em Zootecnia pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro-UFRRJ (2000), Mestrado e Doutorado em Ciência Animal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro-UENF. Tem experiência na área de Zootecnia, com ênfase em Produção de aves e suínos, Nutrição e Alimentação Animal, Bioclimatologia Animal e Ambiência, atuando principalmente nos seguintes temas: nutrição de não ruminantes, micro ingredientes da alimentação, pró-nutrientes, aquicultura, suínos, aves e animais silvestres.

Rodrigo Randow de Freitas, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Brasil

Atualmente Professor Adjunto do curso de Engenharia de Produção em regime de dedicação exclusiva da Universidade Federal do Espírito Santo no campus São Mateus, E.S. / UFES-CEUNES (2015). Doutor pelo programa de Pós-Graduação em Aquacultura pela Fundação Universidade Federal de Rio Grande (FURG) em 2011; Mestrado em Aquacultura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006); Especialização em Educação e Gestão Ambiental (Faculdade Saberes - 2003); e Graduação em Administração de Empresas: ênfase em análise de sistemas (Faculdade de Ciências Humanas de Vitória - 2001). Experiência na área de Gestão Ambiental e Gerenciamento Costeiro, Gestão de processos e produtos, análise de cadeias produtivas e Planejamento Estratégico.

Wellington Gonçalves, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Brasil

Trabalha com planejamento e gestão de operações na cadeia de suprimento, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento e gestão de serviços e operações logísticas, integração na cadeia de suprimento, planejamento e gestão de transportes. Seu interesse atual de pesquisa é nos temas: logística e serviços.

Referências

Ait-Mlouk, A., & Agouti, T. (2019). DM-MCDA: A web-based platform for data mining and multiple criteria decision analysis: A case study on road accident. SoftwareX, 10, 100323.

Andrade, F. R. D., & Antunes, J. L. F. (2019). Trends in the number of traffic accident victims on Brazil’s federal highways before and after the start of the Decade of Action for Road Safety. Cadernos de saúde pública, 35(8), e00250218.

Associação Nacional de Transportes Públicos - ANTP. (2017). Mobilidade humana para um Brasil urbano. São Paulo: ANTP.

Ahmed, A., Sadullah, A. F. M., & Yahya, A. S. (2019). Errors in accident data, its types, causes and methods of rectification-analysis of the literature. Accident Analysis & Prevention, 130, 3-21.

Alonso, F., Esteban, C., Montoro, L., & Useche, S. A. (2017). Knowledge, perceived effectiveness and qualification of traffic rules, police supervision, sanctions and justice. Cogent Social Sciences, 3(1), 1-17.

Alves, P., Bernadelli, C., Felix, W., & Ferreira, W. R. (2016). Polos geradores de viagem e educação para a mobilidade urbana sustentável: a importância das unidades escolares. OBSERVATORIUM: Revista Eletrônica de Geografia, 7(20), 45-67.

Assailly, J. P. (2017). Road safety education: What Works? Patient Education and Counseling, 100, S24-S29.

Briozo, R. A., & Musetti, M. A. (2015). Método multicritério de tomada de decisão: aplicação ao caso da localização espacial de uma Unidade de Pronto Atendimento - UPA 24 h. Gestão & Produção, 22(4), 805-819.

Carvalho, C. H. R. (2016a). Mobilidade urbana sustentável: conceitos, tendências e reflexões. [Texto para discussão, Nº 2194]. Brasília, DF: IPEA.

Carvalho, C. H. R. (2016b). Mortes por acidentes de transporte terrestre no Brasil: análise dos sistemas de informação do Ministério da Saúde. [Texto para discussão, Nº 2212]. Brasília, DF: IPEA.

Confederação Nacional do Transporte - CNT. (2018). Acidentes rodoviários e a infraestrutura. Brasília: CNT.

Costa, A. J. B. (2016). Inovação em Governança Regulatória: proposta de modelo regulatory oversight aplicado à infraestrutura de transportes terrestres brasileira. Tese de Doutorado, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil.

Danner, M., Vennedey, V., Hiligsmann, M., Fauser, S., Gross, C., & Stock, S. (2017). Comparing analytic hierarchy process and Discrete-Choice experiment to elicit patient preferences for treatment characteristics in age-related macular degeneration. Value in Health, 20(8), 1166-1173.

Departamento Nacional de Trânsito - DENATRAN. (2000). Frota de veículos, por ano de fabricação, segundo as Unidades da Federação. Recuperado em 23 de janeiro, 2019, de https://infraestrutura.gov.br/component/content/article/115-portal-denatran/8559-frota-de veiculos-2019.html.

Departamento Nacional de Trânsito - DENATRAN. (2019a). Frota de veículos, por tipo e com placa, segundo as Grandes Regiões e Unidades da Federação -Dezembro de 2019. Recuperado em 11 de março, 2020, de https://infraestrutura.gov.br/component/content/article/115-portal-denatran/8559-frota-de-veiculos-2019.html.

Departamento Nacional de Trânsito - DENATRAN. (2019b). Frota de veículos, por tipo e com placa, segundo os Municípios da Federação - Dezembro/2019. Recuperado em 11 de março, 2020, de https://infraestrutura.gov.br/component/content/article/115-portal-denatran/8559-frota-de-veiculos-2019.html.

Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo - DETRAN-ES. (2018). Anuário Estatístico de Trânsito 2018. Recuperado em 13 de fevereiro, 2020, de https://detran.es.gov.br/anuarios-2.

Dweiri, F., Kumar, S., Khan, S. A., & Jain, V. (2016). Designing na integrated AHP based decision support system for supplier selection in automotive industry. Expert Systems With Applications, 62, 273-283.

Eboli, L., Guido, G., Mazzulla, G., Pungillo, G., & Pungillo, R. (2017). Investigating Car Users’ Driving Behaviour through Speed Analysis. Promet - Traffic & Transportation, 29(2), 193-202.

Fancello, G., Carta, M., & Fadda, P. (2019). Road intersections ranking for road safety improvement: Comparative analysis of multi-criteria decision making methods. Transport Policy, 80, 188-196.

Farooq, D., Moslem, S., & Duleba, S. (2019). Evaluation of Driver Behavior Criteria for Evolution of Sustainable Traffic Safety. Sustainability, 11(11), 1-15.

Febres, J. D., Mohamadi, F., Mariscal, M., Herrera, S., & García-Herrero, S. (2019). The Role of Journey Purpose in Road Traffic Injuries: A Bayesian Network Approach. Journal of Advanced Transportation, 2019, 1-10.

Ferrer, A. Movilidad urbana segura. (2017). Revista dos Transportes Públicos, 39, 7-18.

Gebru, M. K. (2017). Road traffic accident: Human security perspective. International Journal of Peace and Development Studies, 8(2), 15-24.

Gonçalves, W. (2016). Integração de Técnicas de Análise Multivariada e Método Multicritério para Localização de Centros de Distribuição. Tese de Doutorado, Universidade Metodista de Piracicaba, Santa Bárbara d’Oeste, SP, Brasil.

Han, Y., Wang, Z., Lu, X., & Hu, B. (2020). Application of AHP to Road Selection. ISPRS International Journal of Geo-Information, 9(2), 1-21.

Hezaveh, A. M., Nordfjærn, T., Everett, J., & Cherry, C. R. (2019). The correlation between education, engineering, enforcement, and self-reported seat belt use in Tennessee: Incorporating heterogeneity and time of day effects. Transportation Research Part F: Traffic Psychology and Behaviour, 66, 379-392.

International Business Machines (2019). (Statistics Desktop 23.0 trial version). [Statistical Package for the Social Science – SPSS]. Nova Iorque: IBM.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. (2010a). População nos Censos Demográficos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação. Recuperado em 24 de novembro, 2019, de https://censo2010.ibge.gov.br/sinopse/index.php?dados=4&uf=00.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. (2010b). Distribuição percentual da população nos Censos Demográficos, segundo as Grandes Regiões, as Unidades da Federação e a situação do domicílio - 1960/2010. Recuperado em 22 de junho, 2020, de https://censo2010.ibge.gov.br/sinopse/index.php?dados=9&uf=00

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. (2019). Tabelas de estimativas populacionais para os municípios e para as Unidades da Federação brasileiros. Recuperado em 30 de outubro, 2019, de https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/9103-estimativas-de populacao.html?=&t=resultados.

Khattak, S. B., Hussain, I., & Nawaz, R. (2019). Evaluating the Social Aspect of Sustainable Construction for Pakistan via Analytical Hierarchy Process. Journal of Engineering and Applied Sciences, 38(1), 93-100.

Kitamura, Y., Hayashi, M., & Yagi, E. (2018). Traffic problems in Southeast Asia featuring the case of Cambodia's traffic accidents involving motorcycles. IATSS Research, 42(4), 163-170.

Kumar, A., Sah, B., Singh, A. R., Deng, Y., He, X., Kumar, P., & Bansal, R. C. (2017). A review of multi criteria decision making (MCDM) towards sustainable renewable energy development. Renewable and Sustainable Energy Reviews, 69, 596-609.

Lagerstroom, E., Gilkey, D., Magzamen, S., Stallones, L., & Rosecrance, J. (2016). Understanding risk factor patterns in ATV fatalities: A recursive partitioning approach. Journal of Safety Research, 59, 23-31.

Lei n. 9.503, de 23 de setembro de 1997. (1997). Institui o Código de Trânsito Brasileiro. Diário Oficial da União. Brasília, DF: Casa Civil.

Lei n. 12.587, de 3 de janeiro de 2012. (2012). Institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana. Diário Oficial da União. Brasília, DF: Casa Civil.

Leitão, P. D. A., Bezerra, I. M. P., Santos, E. F. D. S., Ribeiro, S. D. L., Takasu, J. M., Carlesso, J. S., & Campos, M. F. (2019). Mortality due to traffic accidents, before and after the reduction of the average speed of motor vehicles in the city of São Paulo, Brazil, from 2010 to 2016. Journal of Human Growth and Development, 29(1), 83-92.

Maji, A., Velaga, N. R., & Urie, Y. (2018). Hierarchical clustering analysis framework of mutually exclusive crash causation parameters for regional road safety strategies. International Journal of Injury Control and Safety Promotion, 25(3), 257-271.

McIlroy, R. C., Plant, K. A., Hoque, M. S., Wu, J., Kokwaro, G. O, Nam, V. H., & Stanton, N. A. (2019). Who is responsible for global road safety? A cross-cultural comparison of Actor Maps. Accident Analysis & Prevention, 122, 8-18.

Ministério da Saúde - MS. (2014). Mortalidade - Brasil: Óbitos por ocorrência por Unidade da Federação segundo ano do óbito. Datasus. Recuperado em 08 de janeiro, 2020, de tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sim/cnv/obt10uf.def.

Ministério da Saúde - MS. (2015). Mortalidade - Brasil: Óbitos por ocorrência por Unidade da Federação segundo ano do óbito. Datasus. Recuperado em 08 de janeiro, 2020, de tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sim/cnv/obt10uf.def.

Ministério da Saúde - MS. (2016). Mortalidade - Brasil: Óbitos por ocorrência por Unidade da Federação segundo ano do óbito. Datasus. Recuperado em 08 de janeiro, 2020, de tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sim/cnv/obt10uf.def.

Ministério da Saúde - MS. (2017). Mortalidade – Brasil: Óbitos por ocorrência por Unidade da Federação segundo ano do óbito. Datasus. Recuperado em 08 de janeiro, 2020, de tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sim/cnv/obt10uf.def1.

Ministério da Saúde - MS. (2018). Mortalidade – Brasil: Óbitos por ocorrência por Unidade da Federação segundo ano do óbito. Datasus. Recuperado em 14 de agosto, 2020, de tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sim/cnv/obt10uf.def.

Mwebesa, M. E., Yoh, K., Inoi, H., & Doi, K. (2018). A new approach to cross-sector cooperation in road safety through a comparison of policies in selected countries. IATSS Research, 42(4), 197-206.

Obregón-Biosca, S. A., Betanzo-Quezada, E., Romero-Navarrete, J., & Ríos-Nuñez, M. (2018). Rating road traffic education. Transportation Research Part F: Traffic Psychology and Behaviour, 56, 33-45.

Oke, J. B., Aboutaleb, Y. M., Akkinepally, A., Azevedo, C. L., Han, Y., Zegras, P.C., Ferreira, J., & Ben-Akiva, M. E. (2019). A novel global urban typology framework for sustainable mobility futures. Environmental Research Letters, 14(9), 1-18.

Organisation for Economic Co-operation and Development – OECD. OECD Health Statistics 2019 - Definitions, Sources and Methods. (2019). Recuperado em 16 de junho, 2020, de https://stats.oecd.org/FileView2.aspx?IDFile=9dc6e690-fa1d-40fa-a279-b726e2616433.

Pereira, J. V., Palmeira, R. M., & Reis, A. C. B. (2019). Apoio à decisão na prevenção de acidentes de trânsito: uma aplicação dos métodos AHP e PROMETHEE. Singular Engenharia, Tecnologia e Gestão, 1(1), 36-47.

Raicu, S., Costescu, D., Burciu, S. Rusca, F., & Rosca, M. (2016). Road Accident estimation model in urban areas. Transport Problems, 11(3), 33-42.

Ram, T., & Chand, K. (2016). Effect of drivers’ risk perception and perception of driving tasks on road safety atitude. Transportation Research Part F., 42, 162-176.

Riaz, M. S., Cuenen, A., Dhondt, S., Craps, H., Janssens, D., Wets, G., Brijs, T., & Brijs, K. (2019). Evaluation of a Road Safety Education Program Based on Driving Under Influence and Traffic Risks for Higher Secondary School Students in Belgium. Safety, 5(2), 1-18.

Rivas, R. E. G. (2016). Uso do método multicritério para tomada de decisão operacional tendo em conta riscos operacionais, à segurança, ambientais e à qualidade. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal da Bahia, Salvador, BA, Brasil.

Saaty, T. L. (2008). Decision making with the analytic hierarchy process. International journal of services sciences, 1(1), 83-98.

Santos, R. O. S., Andrade, S. M. O., & Martins, B. S. T. P. (2017). Segurança e mobilidade no trânsito: percepção da população de uma capital do Brasil central. Interações (Campo Grande), 18(4), 109-119.

Santos, P. H., Neves, S. M., Sant’Anna, D. O., Oliveira, C. H., & Carvalho, H. D. (2019). The analytic hierarchy process supporting decision making for sustainable development: An overview of applications. Journal of cleaner production, 212, 119-138.

Sarraf, R., & McGuire, M. P. (2020). Integration and comparison of multi-criteria decision making methods in safe route planner. Expert Systems with Applications, 154, 1-22.

Silva, M. C. F. (2018). Classificação de riscos de contratos de concessão florestal com apoio da análise de decisão multicritério. Dissertação de Mestrado, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil.

Stevenson, M., Thompson, J., Sá, T. H., Ewing, R., Mohan, D., Mcclure, R., Roberts, I., Tiwari, G., Giles-Corti, B., Sun, X., Wallace, M., & Woodcock, J. (2016). Land use, transport, and population health: estimating the health benefits of compact cities. The Lancet, 388(10062), 2925-2935.

Topolšek, D., Babić, D., & Fiolić, M. (2019). The effect of road safety education on the relationship between Driver’s errors, violations and accidents: Slovenian case study. European Transport Research Review, 11(18), 1-8.

United Nations - UN. Resolution 64/255 – Improving global road safety. (2010). Recuperado em 01 de outubro, 2019, de https://undocs.org/en/A/RES/64/255.

United Nations - UN. Resolution 70/1 – Transforming our World: the 2030 Agenda for Sustainable Development (2015). Recuperado em 09 de dezembro, 2019, de https://undocs.org/A/RES/70/1.

United Nations - UN. Resolution 72/271 – Improving global road safety. (2018). Recuperado em 01 de outubro, 2019, de https://undocs.org/en/A/RES/72/271.

United Nations - UN. World Urbanization Prospects: The 2018 Revision. (2019). Recuperado em 22 de janeiro, 2020, de https://population.un.org/wup/Publications/Files/WUP2018-Report.pdf.

Wegman, F. (2017). The future of road safety: A worldwide perspective. IATSS Research, 40(2), 66-71.

World Health Organization - WHO. (2015). Global status report on road safety 2015. Genebra: Organização Mundial de Saúde. Recuperado em 02 de março, 2020, de https://www.who.int/violence_injury_prevention/road_safety_status/2015/status_report2015/en/.

World Health Organization - WHO. (2018). Global status report on road safety 2018. Genebra: Organização Mundial de Saúde. Recuperado em 16 de outubro, 2019, de https://www.who.int/publications-detail/global-status-report-on-road-safety-2018.

Zhang, G., Yau, K. K.W., & Chen, G. (2013). Risk factors associated with traffic violations and accident severity in China. Accident Analysis & Prevention, 59, 18-25.

Zhang, Y., Jing, L., Sun, C., Fang, J., & Feng, Y. (2019). Human factors related to major road traffic accidents in China. Traffic Injury Prevention, 20(8), 1-5.

Publicado

2020-08-26

Como Citar

Santos, D. V. dos ., Chiquieri, J., Freitas, R. R. de, & Gonçalves, W. (2020). ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DE SEGURANÇA NO TRÂNSITO URBANO COM APOIO DE MÉTODO MULTICRITÉRIO: ANALYSIS OF THE SAFETY PERCEPTION IN URBAN TRANSIT WITH THE SUPPORT OF A MULTI CRITERIA METHOD. Brazilian Journal of Production Engineering - BJPE, 6(2), 205–226. Recuperado de https://periodicos.ufes.br/bjpe/article/view/31637

Edição

Seção

GESTÃO PÚBLICA - PUBLIC MANAGEMENT