Um amontoado de disparates e frases pornográficas

concepções sobre o teatro ligeiro na Revista de Theatro e Sport (1909-1919)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47456/e-20243502

Palavras-chave:

Teatro ligeiro, Revista, Cânon

Resumo

Entre o final do século XIX e o início do XX, o teatro de revista, um tipo de peça pertencente ao gênero do teatro ligeiro, tornou-se comum no Brasil. Apesar de prestigiadas pelas mais diversas classes sociais, estas produções sofriam severas críticas de indivíduos, que as viam como obras de baixa qualidade artística e. voltada para um público popular e pouco seletivo. O que se objetiva neste artigo é compreender quais eram as principais críticas divulgadas no Rio de Janeiro, em relação ao teatro de revista, nas primeiras décadas do século XX. Para tanto, serão utilizadas algumas publicações disponíveis na Revista de Theatro e Sport, entre os anos de 1909 e 1919.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Fontes

ARREBIROS. Um anno mais. Revista de Theatro e Sport. Rio de Janeiro: 15 de abril de 1916, p. 1.

BLANCO, J. O theatro em Nictheroy. Revista de Theatro e Sport, Rio de Janeiro: 23 set. 1916, p. 15.

J.R. Críticas...e críticos. Revista de Theatro e Sport, Rio de Janeiro: 28 ago. 1915, p. 8.

FONSECA, A. Discurso. Revista de Theatro e Sport, Rio de Janeiro: 18 abr. 1922, p. 13-14.

PINHEIRO, M. Causas da decadência do Theatro Nacional – as actrizes. Revista de Theatro e Sport, Rio de Janeiro: 09 fev. 1918, p. 22.

SALVILIUS. Voltando a’ carga. Revista de Theatro e Sport, Rio de Janeiro:14 jul. 1917, p. 17.

Obras Gerais

AGUIAR, F. A comédia nacional no teatro de José de Alencar. São Paulo: Ática, 1984.

AGUIAR, M. A. O teatro de revista carioca e a construção da identidade nacional: o popular e o moderno na década de 1920. 2013. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, 2013. Disponível em: http://www.repositorio-bc.unirio.br:8080/xmlui/handle/unirio/12109. Acesso em: 03 jan. 2023.

COSTA, M. M. Uma dramaturgia eclética. In: FARIA, J. R. (Dir.). História do Teatro Brasileiro: das origens ao teatro profissional da primeira metade do século XX. São Paulo: Perspectiva: Edições SESCSP, 2012. vol. 1, cap. 5, p. 335-358.

FARIA, J. R. José de Alencar e o teatro. São Paulo: Perspectiva, 1987.

FARIA, J. R. (Dir.). História do Teatro Brasileiro: das origens ao teatro profissional da primeira metade do século XX. São Paulo: Perspectiva: Edições SESCSP, 2012.

FRANÇA, J. M. C. Literatura e Sociedade no Rio de Janeiro Oitocentista. Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 1999.

FERREIRA, V. A. Revista Theatral (1894-1895) o daguerreótipo moral: imprensa, teatro e política na esfera pública. Revista Rascunhos - Caminhos Da Pesquisa Em Artes Cênicas, Uberlândia, v. 7, n. 2, p. 209-225, 2020. DOI: https://doi.org/10.14393/issn2358-3703.v7n2a2020-12

GOMES, T. M. Um espelho no palco: identidades sociais e massificação da cultura no teatro de revista dos anos 1920. Campinas: Editora da UNICAMP, 2004.

MARTINS, W. S. N. Paschoal Segreto "Ministro das diversões" do Rio de Janeiro (1883 - 1920). 2004. Dissertação (Mestrado em História Social) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2004. Disponível em: chrome-extension://efaidnbmnnnibpcajpcglclefindmkaj/https://livros01.livrosgratis.com.br/cp000003.pdf. Acesso em: 03 jan. 2023.

NEVES, L. O. O teatro brasileiro do início do século XX: alguns apontamentos para uma pequena revisão da história. Letra e Ato, v. 7, n. 07, p. 68-78, 2017.

RANCIÈRE, J. A partilha do sensível: estética e política. São Paulo: Editora 34, 2005.

REIS, A.; MARQUES, D. A permanência do teatro cômico e musicado. In: In: FARIA, J. R. (Dir.). História do Teatro Brasileiro: das origens ao teatro profissional da primeira metade do século XX. São Paulo: Perspectiva: Edições SESCSP, 2012. vol. 1, cap. 5, p. 321-335.

REIS, R. Cânon. In: JOBIM, J. L. (org). Palavras da crítica: tendências e conceitos no estudo da Literatura. Rio de Janeiro: Imago, 1992, p. 65-92.

SALIBA, E. T. Raízes do riso: a representação humorística na história brasileira: da Belle Époque aos primeiros tempos do rádio. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

SERPA, C. Mídia impressa e esportes: notas históricas. IN: ANPUH Simpósio Nacional de História, 31., Rio de Janeiro. Anais [...] Rio de Janeiro: ANPUH, 2021. Disponível em: https://www.snh2021.anpuh.org/resources/anais/8/snh2021/1628560930_ARQUIVO_a595a22e2a66ac6fae309611b446ce44.pdf. Acesso em 01 fev. 2022.

Revista Theatro & Sport

Downloads

Publicado

19-02-2024

Como Citar

SCHULMEISTER KUHN, Mariana. Um amontoado de disparates e frases pornográficas: concepções sobre o teatro ligeiro na Revista de Theatro e Sport (1909-1919). Revista Ágora, [S. l.], v. 35, p. e-20243502, 2024. DOI: 10.47456/e-20243502. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/39875. Acesso em: 17 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos